cortes de cabelo masculinos essenciais que todo o barbeiro deve saber

5 cortes de cabelo masculino que todo barbeiro precisa saber

Barbeiro que se preze domina os 5 cortes de cabelo masculino dos quais falaremos nesse artigo.

Aqui vai um alerta do Felippe Caetano: mais do que saber como serão os resultados, você deve aprender como estruturar um trabalho, puxar uma mecha e quais são os ângulos e projeções adequados para o perfil do cliente.

Claro que quanto mais você pratica um determinado movimento, mais ágil torna-se e maior a sua capacidade de enxergar o final. Sendo assim, estamos aqui hoje para lhe falar do “feijão com arroz”.

Vem conferir!

1 – O degradê é um dos 5 cortes de cabelo indispensáveis

O mercado não lhe aceitará, se você não souber fazer um bom degradê. Mas acalme-se, existe um tipo específico no qual você deverá focar em um primeiro momento: o Mid Fade. O restante vem com as oportunidades geradas pelo tempo.

Entenda por quê!

O Mid Fade é simplesmente o degradê base para todos os demais. Dominando sua técnica, é muito mais fácil chegar à excelência nas outras variações.

2 – Corte todo na tesoura é básico para qualquer barbeiro

É essencial aprender a utilizar uma tesoura. Vamos ser honestos e claros: esse é um dos cortes de cabelo que mais destacam um barbeiro talentoso dos demais. Significa diferencial no portfólio.

Pasme: é raro encontrar um profissional que o realize com perfeição.

Quer saber a melhor parte?

NÃO É DIFÍCIL CORTAR UM CABELO TODO NA TESOURA. O QUE OCORRE É QUE AS PESSOAS, GERALMENTE, TÊM PREGUIÇA!

BÔNUS!

Essa não é uma técnica que, se não dominada, impedirá o barbeiro de entrar no mercado. Porém, com certeza, sabê-la lhe dará armas para encontrar um trabalho com muita facilidade.

3 – O undercut clássico também é um dos cortes de cabelo que você precisa entender

Menos badalada hoje, você sabe, entretanto essa é uma técnica que pode ser chamada de divisora de águas no mundo da barbearia. Com o boom da profissão, esse era um dos cortes mais pedidos pelos clientes.

O passo a passo é simples:

Máquina na lateral, desconectado em cima e bem desfiado (texturizado), trazendo como característica bastante leveza.

O motivo pelo qual você precisa conhecê-lo:

Todo barbeiro precisa entender como desconectar um cabelo de forma intencional, dando um desenho correto. Sem essa destreza, é impossível criar algumas habilidades fundamentais em outros tipos de cortes.

4 – Quem não é capaz de fazer um corte social…

… não tem chances no mercado. Sem choradeira!

Essa é uma função de dia a dia. É impossível conseguir ser contratado por uma barbearia, sem compreender o corte social.

Disparadamente, esse é o tipo mais pedido nas cadeiras dos barbeiros. Baixo na lateral (sem degradê), maior na parte de cima, porém, sem diferenças acentuadas entre ambos. E mais: não há desconexão.  Poderíamos dizer que é quase como o caminho inverso do Undercut.

DOMINE: ÂNGULO DE CORTE E TÉCNICA DE PENTE CORRIDO. ALÉM DISSO, SEJA ÁGIL!

A grande dificuldade aqui é entregar o serviço com total harmonia e equilíbrio. Treine muito!

5 – O corte todo na máquina é o mais fácil, mas não menos importante

O grande problema do corte de cabelo todo na máquina são os redemoinhos na parte de cima da cabeça dos clientes. O desafio é concentrar neles, cortando contra, para que tudo fique muito homogêneo.

Assista neste vídeo sensacional do Felippe Caetano, as dicas principais e os alertas sobre essa e as demais técnicas:

Toda a semana trazemos muitas dicas bacanas aqui no Blog. Não deixe de nos acompanhar. E se você quiser ficar bem informado diariamente, inscreva-se no canal do Felippe Caetano no Youtube. Não esqueça de ativar as notificações para ser avisado sobre as novidades.