tipos-de-bigode-curso-de-barbeiros

13 estilos de bigode: conheça as diferenças e inspire seus clientes

Respeita o moço, já diz a música! Símbolos de masculinidade, virilidade e até sedução, a verdade é que os estilos de bigode são muitos. Diversos! Têm para todos os gostos.

Eternizados pelas telas do cinema centenário ou características fortes de homens que fizeram parte da história mundial, hoje os bigodudos ainda são os donos do campinho. Acompanhados de barba ou não, esses pelos marcam a personalidade representando vivência e maturidade.

Em sua constante evolução, provavelmente você, barbeiro, ainda não conhece os tipos mais famosos. Sendo assim, catalogamos neste artigo os TOP 13, para deixar todos os seus clientes muito satisfeitos com os resultados de cada trabalho.

#1 ESTILOS DE BIGODE: CLÁSSICO

Simples, limpo e bonito. O bigode clássico ou original é aparado e fica logo acima do lábio superior. É versátil e icônico.

#2 ESTILOS DE BIGODE: DALÍ

O pintor espanhol Salvador Dalí é o responsável por esse estilo irreverente de bigode.Fininho, com os cantos da boca raspados e fios esticados para cima. Quanto mais compridos, melhor! Também quer conquistar esse efeito? Cera pra quê te quero!

#3 ESTILOS DE BIGODE: CHEVRON

Em pleno 2020, o estilo de bigode 80/90 ainda é amado pelo público masculino. Eternizado pelo cantor Freddie Mercury, os fios grossos e fartos cobrem praticamente todo o lábio superior

#4 ESTILOS DE BIGODE: HANDLEBAR

Bigode farto, com os cantos enrolados. Esteve fortemente em cena no início do Século XX, e hoje é objeto de desejo dos hipsters. Ele também pode ser chamado de guidão, por sua semelhança com o acessório da bicicleta. Aqui, aquele toque fartamente maroto de cera também faz-se necessário.

#5 ESTILOS DE BIGODE: FERRADURA

Seu formato é isso mesmo: igual ao de uma ferradura. O bigode termina lá no queixo, então, para a sua característica ser notada, o rosto precisa estar livre da barba. É a versão ocidental do chinês Fu Manchu, com uma pegada mais mexicana.

#6 ESTILOS DE BIGODE: INGLÊS

É praticamente a mesma coisa que o Handlebar, com uma diferença bem significativa: as pontas são levemente viradas para cima. Poxa, o mercado de cera para bigode só tem a ganhar com tanta audácia.

#7 ESTILOS DE BIGODE: ESCOVA DE DENTE

É o bigodinho de Chaplin, tão famoso nas telas do cinema. Estreito, concentrados abaixo do nariz, bem no meio dos lábios. Chamado de escova de dentes por lembrar as suas cerdas.

#8 ESTILOS DE BIGODE: MORSA

Esse aqui já esteve em vários cenários e recebe muitas variações. Popular nos idos dos anos 20 e depois nos 60, o bigode estilo morsa ainda é cultivado por homens com muita personalidade.  Passa pela boca, chega na linha do maxilar, sendo levemente arqueado para baixo.

#9 ESTILOS DE BIGODE PIR MIDE

Estreito perto do nariz, mais largo próximo aos lábios, dá a ideia do formato de uma pirâmide acima da boca.

#10 ESTILOS DE BIGODE: PINCEL

Cantos arredondados e pelos cobrindo toda a parte de cima da boca. A manutenção com cera e tesourinha para aparar as sobras é praticamente diária.

#11 ESTILOS DE BIGODE: LÁPIS

Um bigode “cafajeste”. O início do século 20 era tomado por homens nas ruas que adotavam esse estilo. Um recorte fininho, bem em cima dos lábios, parecem um risco de lápis.

#12 ESTILOS DE BIGODE: MEXICANO

Rústico, adorado pelos mexicanos. Em vários tamanhos e volumes, um exemplo clássico desse estilo é o adotado pelo ator Ramón Valdés, o “Seu Madruga” de Chaves

#13 ESTILOS DE BIGODE: FU MANCHU

Bigode conhecido como chinês, fino e que desce livre pelos cantos da boca. É a versão oriental do Ferradura.

Temos mais conhecimento por aqui

Quantas variações, não é mesmo. Cada uma delas tem um significado muito importante na vida do homem que adota o estilo.

Agora que você já conhece cada um deles, que tal ir além em seus conhecimentos? Temos um curso de barbeiros online prontinho, esperando pela sua matrícula. Venha evoluir através dos ensinamentos do mestre Felippe Caetano, o melhor professor do segmento no Brasil inteiro.